Contacto

Alunos da Academia de Fotografia Paulo Lobo expõem obras, esta terça-feira

A "primeira fornada" de alunos da "Academia de Fotografia Paulo Lobo" mostram os seus trabalhos numa exposição que é inaugurada esta terça-feira, no espaço "Ënnert de Steiler", na capital.

O vernissage da exposição tem lugar esta terça-feira, 11 de Junho, às 18h30.

Os fotógrafos que expõem são: Georgia Athanasopoulou, Alessandro Dalla Torre, Vania Donova, Dzintra Grjaznova, Livija Lace, Doris Lodea, Isabel Nobre, Bruno de Séré, Radostina Stoyanova, Sophie Vankelst e Corine Watteyne.

Os 11 alunos frequentaram a oficina de introdução à fotografia, ministrada pelo fotógrafo Paulo Lobo entre 2012 e 2013. Este curso faz parte das formações propostas pela Confederação da Comunidade Portuguesa no Luxemburgo (CCPL), e é reconhecido pelo Ministério da Educação luxemburguês.

Paulo Lobo diz-se surpreendido pelo talento dos seus "discípulos". "Esta exposição é uma selecção das melhorees fotos dos alunos. As fotos merecem. Os alunos surpreenderam-me, começaram quase todos como puros debutantes".

Depois da apresentação no "Ënnert de Steiler", onde a mostra vai estar patente até 20 de Junho, a exposição "migra" para a Mediateca da CGD-Caixa Geral de Depósitos (180, route de Longwy, na capital), onde pode ser vista entre 24 de Junho e 5 de Julho. É na Mediateca da CGD que decorre a formação ministrada por Paulo Lobo.

Breve biografia de Paulo Lobo

Paulo Lobo nasceu em 1964 na Baixa da Banheira, em Portugal. Com seis anos emigrou com os pais para o Grão-Ducado, onde desenvolveu desde muito cedo a paixão da fotografia, entre outros, no Foto-Clube de Differdange.

Depois de várias colaborações com revistas e jornais, tanto enquanto fotojornalista como repórter, entre os quais o CONTACTO, Paulo Lobo é hoje chefe de redacção da revista "Wunnen".

Das várias exposições que já organizou, contam-se: em 2013, "Última estação: Esperança", com Jessica Theis e Jérôme Melchior, sobre a nova imigração portuguesa para o Luxemburgo; em 2012, "La face cachée des mots" , sobre 30 personalidades do panorama artístico e cultural do Luxemburgo; em 2010, "Retratos de Café", sobre personalidades de várias comunidades, em ambientes de café; em 2007, "Viagens Suspensas", com o músico Sérgio Rodrigues, com material publicado no seu blogue; em 2006, "Terra de Vida", com o fotógrafo Jerôme Belchior, sobre os portugueses no Luxemburgo; em 2004, "Vestidos de Sal", sobre os pescadores de Sesimbra; em 2003, "Ó Gente da minha Terra", sobre a cidade de Setúbal.

Paulo Lobo é ainda autor do livro"12 bâtiments remarquables au Luxembourg", editado em 2011.

JLC